Site icon Open Tecnologia

ServiceNow no gerenciamento de risco operacional dos Bancos

gerenciamento riscos bancos

O gerenciamento de risco operacional é um componente fundamental do programa de gerenciamento de risco de um banco. Os desenvolvimentos nas últimas quatro décadas, especificamente a globalização, produtos financeiros complexos e digitalização, aumentaram a importância da gestão do risco operacional. Um número crescente de eventos de perda operacional de alto perfil em todo o mundo levou os reguladores a definirem regulamentos que exigem que os bancos reservem capital de risco para cobrir perdas de risco operacional.

O Comitê de Supervisão Bancária da Basiléia (BCBS) vem definindo e refinando as regulamentações da Basiléia para fortalecer a estabilidade do sistema bancário internacional. Tem havido uma ênfase significativa na gestão de risco operacional nas estruturas de Basileia II e Basileia III. O Comitê da Basiléia define o risco operacional como o ‘risco de perda resultante de processos internos, pessoas e sistemas insuficientes ou com falha ou de eventos externos’.

Em comparação com o risco financeiro, o risco operacional tende a ser mais complexo e desafiador. Compreender, medir e gerenciar fatores interconectados, incluindo o comportamento humano, os processos organizacionais e a tecnologia subjacente, é um grande desafio para os bancos. É uma tarefa difícil para os bancos criarem estruturas culturais de governança e gestão que possam controlar sistematicamente esses riscos.

Os bancos devem acessar seus fatores de risco existentes e criar um banco de dados, com todos os eventos de risco mapeados, para formar recursos ORM eficazes. Os principais indicadores de risco (KRIs) devem ser definidos para dar sinais de alerta antecipado de quaisquer problemas futuros. Os bancos devem, então, comunicar claramente seu apetite pelo risco. Essas são as etapas para estabelecer as prioridades culturais e de governança de um banco. Assim, a gestão do banco será capaz de alicerçar uma cultura de consciência do risco com o seu comportamento e decisões. A gerência também pode criar uma cultura de trabalho atenta para prever e relatar quaisquer eventos de risco potencial, treinando as pessoas para descobrir a possibilidade de ocorrências que podem dar errado. Isso garante que a comunicação em risco aconteça de cima para baixo, de baixo para cima e em vários departamentos.

Os bancos podem aproveitar a tecnologia para vigilância contínua de risco com a quantidade de dados que está disponível digitalmente. KRIs definidos usando os dados disponíveis podem sinalizar riscos de alta criticidade. Isso pode ser visto em um painel com diferentes visões para vários níveis em uma organização para agir. Canais para relatar eventos de risco podem ser ativados por meio de aplicativos com interfaces amigáveis.

A solução de Gerenciamento de Risco Integrado (IRM) da ServiceNow vem com muitos recursos para gerenciamento de risco operacional que permite

As soluções prontas para uso da ServiceNow para IRM garantem um cronograma de implementação mais rápido, permitindo que os bancos se concentrem mais no gerenciamento de riscos operacionais. Com foco total no conjunto de produtos IRM, o ServiceNow está produzindo novos recursos com frequência e atualizando-os a cada seis meses. Conseqüentemente, os clientes da solução IRM da ServiceNow podem definitivamente esperar recursos que os habilitarão a gerenciar os riscos operacionais de forma mais eficiente.

Sair da versão mobile